ARTE-EDUCAÇÃO-AMBIENTAL NO CONTEXTO DOS MOVIMENTOS – E FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

ARTE-EDUCAÇÃO-AMBIENTAL NO CONTEXTO DOS MOVIMENTOS E FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

Sobre la iniciativa:

 ARTE-EDUCAÇÃO-AMBIENTAL NO CONTEXTO DOS MOVIMENTOS E FÓRUM SOCIAL MUNDIAL

https://join.wsf2021.net/initiatives/7915

 

Los botones llevan a noticia en idioma original o a traducciones manuales que existen 1/ picar el boton deseado (ejemplo EN) y 2/ fijar el motor de traducion automatica del sitio ( arriba derecho) en EN tambien: asi el motor de traduccion reconoce que esta en EN y no lo traduce

 Organizaciones autoras:

Observare Environmental Education

Observatory  

https://join.wsf2021.net/organizations/3539       

 

Autor: Michèle Sato

 O Observatório da Educação Ambiental (Observare) é um coletivo criado em 2019, como meio de acompanhar as políticas do atual Governo Federal, que vem insistentemente destruindo o ambiente brasileiro. Para muito além de meramente «olhar», atribuímos o conceito latino do cuidado e da luta no Observare [https://observatorioea.blogspot.com/]. Este coletivo agrega diversas redes, institutos de pesquisa, organismos não governamentais e majoritariamente inúmeras universidades brasileiras. Por isso, a agenda ambiental é um longo processo de formação (graduação e pós-graduação), pesquisa, internacionalização e vivências comunitárias.  

 Arte-educação-ambiental para que a aprendizagem seja com o corpo inteiro, rizomática e com «confetos» (conceitos + afetos).

  Organizamos, política e coletivamente, diversos manifestos, materiais pedagógicos, publicações científicas, projetos de pesquisa, intercâmbios e eventos, entre tantas outras atividades. Algumas datas se revestem de mais importância, por isso elegemos a semana do meio ambiente (4 de junho) e a greve mundial pelo clima (21 de setembro) para debatermos publicamente sobre nosso envolvimento com a arte-educação-ambiental e um jeito diferente de se tentar construir um outro mundo possível. Distanciando da excessiva racionalidade científica, abrimos os horizontes para acolher os afetos, e acreditamos que a arte é uma poderosa tática de lutas para garantir a vida planetária, a justiça ambiental, os direitos humanos e da Terra, a luta contra a misoginia, racismo, LGBTfobia, intolerância religiosa, negacionismo, Terra planismo, crueldade animal e diversos outros preconceitos e discursos políticos que aniquilam a diversidade biológica e as diferenças culturais.

 Noticia publicada a partir de mensaje  email mandado a  gtf.news@news.wsf2022.org 

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.